Artigos

Disruptores Endócrinos

A Obesidade e ganho de peso vem aumentando durante os anos, afetando a qualidade de vida e a saúde dos indivíduos em todo o mundo. IMC acima de 30 kg/m² está associado a complicações metabólicas e doenças metabólicas. 

                O ganho de peso não é apenas ocasionado pelo excesso de calorias ingeridas, substancias obesogênicas ocasionam ações endócrinas alterando nosso metabolismo e ocasionando o ganho de peso. Estas substancias são conhecidas como disruptores endócrinos que se conectam nas células promovendo o acumulo de gordura e novas células de gordura, dentre os mais estudas está o Bisphenol A (encontrado em plásticos) sendo relacionado em estudos clínicos como uma das causas de obesidade.  

                O BPA (bisphenol A) pode ser encontrado na maioria dos plásticos, por exemplo: mamadeiras de plástico ; embalagens plásticas para acondicionar alimentos na geladeira (marmitas, jarras de água, etc); formas de plástico plástico para micro-ondas; utensílios de plástico para o lar; copos, pratos e talheres de plástico (inclusive os infantis), especialmente se estiver ingerindo bebidas quentes, tais como cafezinho, chocolate quente, etc; Enlatados, como revestimento interno (inclusive de refrigerante, leite em pó ou comidas enlatadas); Garrafas plásticas reutilizáveis de água (especialmente tipo squeeze); Garrafões de plástico  de 20 litros, muito comum nos atuais bebedouros de água mineral; Eletrodomésticos, tais como panelas de vapor de plástico, liquidificador, etc. A exposição frequente a este composto como já mencionado a cima é prejudicial a saúde, principalmente quando a criança é exposta, aumentando o risco para desenvolver obesidade e complicações relacionadas a mesma.

                Os melhores recipientes para armazenar a sua alimentação ou a hidratação é o de vidro, ele não tem compostos ofensivos para seu organismo. 

 

Fonte:

MUSCOGIURI, Giovanna et al. Obesogenic endocrine disruptors and obesity: myths and truths. Archives of Toxicology, p. 1-7, 2017.

SHAH, Meera; HURT, Ryan T.; MUNDI, Manpreet S. Phenotypes of Obesity: How it Impacts Management. Current Gastroenterology Reports, v. 19, n. 11, p. 55, 2017.